Viajante europeu vai para o Iraque e se surpreende com hospitalidade e calor humano dos iraquianos

Um viajante europeu decidiu ir ao Iraque para ver como realmente era um dos países mais mal falados da Europa e esse é seu relato:

Como a maioria das pessoas na Europa, eu cresci ouvindo péssimas coisas do Iraque e por isso, tinha muito medo de lá. Quero dizer, tudo o que ouvi sobre o país certamente não o fez parecer um ótimo lugar para se visitar.

Leia Também: Policial aposentado adapta van em ‘motorhome’ inspirado em ‘Senhor dos Anéis’

No entanto, durante minhas viagens de tempo integral nos últimos 6 anos, aprendi que muitas vezes os lugares que mais tememos não são tão ruins quanto poderíamos pensar. Então eu arrumei minhas malas, fui para a parte norte do Iraque, chamada “Curdistão Iraquiano” e passei duas semanas viajando por todo o lugar, o que me surpreendeu completamente.

Conheci algumas das pessoas mais amigáveis, gentis e agradáveis ​​que já passaram em minha vida e fiquei ainda mais convencido de que o mundo geralmente é um lugar muito melhor do que costumamos ver nas notícias. Vamos fazer as pazes, não guerra! 

Role para baixa e veja mais imagens:

Leia Também: Mulher de 64 anos viaja sozinha em período integral em casa móvel


Gostou da matéria? Compartilhe este artigo. Isso nos ajuda a espalhar bons conteúdos nas redes sociais. Obrigado!

Nina, a cadela pinscher fofoqueira que olha a vizinhança através de um cano
Novo vírus da gripe com ‘potencial pandêmico’ é encontrado na China
Leão com câncer em estágio terminal se despede de sua cuidadora: ‘É como uma mãe pra ele’
Sem turistas para incomodar, onça se acostuma a ‘desfilar’ por passarela no Pantanal