Um quilômetro quadrado de ‘nuvem de gafanhoto’ pode ter até 40 milhões de insetos

A Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater) do Rio Grande do Sul divulgou uma nota há alguns dias orientando os produtores da Fronteira Oeste gaúcha “a monitorar a chegada de uma nuvem de gafanhotos, prevista para entrar na região nos próximos dias, dependendo das condições climáticas”.

De acordo com a empresa, os insetos foram do Paraguai, onde destruíram lavouras de milho, à Argentina, onde estão sendo monitorados pelo governo.

Olha só que bizarro: apenas 1 quilômetro quadrado de nuvem podem ter até 40 milhões de insetos, que consomem em um dia pastagens equivalentes ao que 2 mil vacas ou 350 mil pessoas comem, conforme explica o engenheiro agrônomo argentino Héctor Medina.

Leia também: Casal se conhece na quarentena e vai morar junto após 20 dias sem nunca terem se visto

“Ainda não temos muita certeza do que vai acontecer, se eles vão entrar aqui ou não, mas já estamos conversando com produtores sobre o assunto”, disse o engenheiro agrônomo da Emater de Uruguaiana, Daniel da Costa Soares.

Há uma orientação geral para os produtores monitorarem e ligarem imediatamente para a Emater, caso avistem os insetos. “Não existe uma forma de prevenção, principalmente que seja segura ao meio ambiente e às pessoas. Não temos como criar uma barreira para impedir a chegada dos insetos”, diz. “Para quem tem estufa é mais fácil, estamos orientado a se ver alguma coisa, baixar a lona”, esclarece.

Uma boa notícia é que as plantações de arroz já foram colhidas este ano. “O que eles poderiam causar danos aqui na cidade são nas plantações de citrus, olericultura, folhosas como alface, tempero, couve, hortaliças, pequenas propriedades. Eles tem predileção por graminhas, mas pelo que está sendo noticiado, com a fome que eles estão, vão comer o que ver pela frente”, diz.

O técnico do Instituto Riograndense do Arroz (Irga), de Uruguaiana, Jackson Pintanel, diz que os produtores estão se reunindo para debater ideias sobre o assunto. “Ainda é muito recente. Não sabemos muita coisa. Os produtores estão apenas conversando por enquanto”.

Saiba mais assistindo ao vídeo abaixo:

Leia também: Conheça o prédio coberto por um incrível jardim vertical de 3 mil m²

Matéria escrita por Gabriel Pietro em exclusividade para o Solitary Δ.. Siga-me no Instagram clicando aqui.

Compartilhe o post com seus amigos! 😉

Nina, a cadela pinscher fofoqueira que olha a vizinhança através de um cano
Novo vírus da gripe com ‘potencial pandêmico’ é encontrado na China
Leão com câncer em estágio terminal se despede de sua cuidadora: ‘É como uma mãe pra ele’
Sem turistas para incomodar, onça se acostuma a ‘desfilar’ por passarela no Pantanal