Russo burla companhia aérea e embarca com gato gordinho que estava acima do peso: ‘Ele foi pego’

Viajar quando se tem animais de estimação é sempre muito difícil, além de ser muito custoso também. Os pequenos ficam estressados e as leis de alguns países exigem certos tipo de requerimentos para poderem entrar.

Os donos de cães e gatos ficam sempre inseguros quando tem que despachar seus animais junto com as malas. “Nunca se sabe o que pode acontecer com eles”, disse Mikhail Galin, um homem da Rússia que tentou enganar uma companhia aérea com seu gatinho.

O rapaz estava tentando voltar para sua cidade natal Vladivostok, mas foi interrompido quando os funcionários do aeroporto negaram a passagem de Viktor, porque seu gato gordinho que estava pesando 2 kg acima do limite permitido, tendo que ser colocado no compartimento de cargas.

Entretanto, Mikhail sabia que seu gatinho sempre passa mal durante os voos e não queria deixá-lo sozinho desta vez, então decidiu fazer um esquema para poder passar com ele mesmo assim.

O russo postou uma foto nas redes sociais perguntando se alguém poderia lhe emprestar um gato semelhante ao seu e não é que ele conseguiu achar!

O plano era simples: trocar os gatos no check-in, para fazer Viktor passar na balança e poder embarcar com seu dono.

Entretanto, ele foi pego pelas câmeras do aeroporto e sofreu consequências péssimas…

… a companhia aérea decidiu expulsar o homem do programa de passageiros frequentes e tirar as 400.000 milhas de sua conta.

Eu não sei vocês, mas apesar dele ter burlado as regras, retirar todas as milhas que ele ganhou voando pela companhia (e a fazendo lucrar) parece injusto para mim.

Essas são as 15 raças de gatos mais populares e suas respectivas origens
Fotógrafo captura como são os olhos de alguns dos animais mais distintos da Terra (25 fotos)
Internautas criam grupo para compartilhar as melhores fotos de doguinhos que encontram na rua
Cachorrinho de rua deita em varanda de família para descansar e acaba sendo resgatado