Pintura do século XV de Jesus representado como um cordeiro está assustando as pessoas

“A Adoração do Cordeiro Místico”, obra-prima do século XV feita pelos irmãos “Jan” e “Hubert van Eyck”, foi finalmente restaurada após três anos de trabalhos muito meticulosos, mas agora, as pessoas estão assustadas.

Aparentemente, foi o rosto estranhamente humanoide do cordeiro, está deixando diversas pessoas estupefadas. Dê uma olhada na pintura antes e depois da reforma e você verá. (Aviso: pode ser difícil vê-lo.)

“Este não é outro erro como o do “Jesus Macaco””, disseram os restaurados do The Art Newspaper. “O rosto masculino do cordeiro faz parte da pintura original, perdida há muito tempo na história.”

“A descoberta foi um choque para nós, para a igreja, para todos os estudiosos, para o comitê internacional que acompanha esse projeto”, disse Hélène Dubois, que liderou a restauração desde 2016

Leia Também: Priyanka Chopra Jonas provavelmente fará parte do elenco de ‘Matrix 4’

“A Adoração do Cordeiro Místico” é a peça importante de uma série de 12 painéis conhecidos como “Retábulo de Ghent”, pintados para o altar da Catedral de St. Bavo em Ghent, Bélgica. O cordeiro na vanguarda da coleção, simboliza Jesus. Ele carrega uma ferida no peito, semelhante à que Jesus recebeu durante sua crucificação, e está sangrando em um cálice próximo, enquanto multidões de anjos adoradores observam. Enquanto isso, o rosto do cordeiro permanece perfeitamente estoico, enquanto seus olhos humanos, olham diretamente para fora do quadro, na direção do espectador.

Todos os detalhes se encaixam na visão inicial dos irmãos van Eyck, que aconteceu antes que o rosto do cordeiro fosse pintado posteriormente por outros dois artistas, durante uma grande restauração em 1550.

Embora a recente restauração da visão original de van Eycks tenha atraído muitos observadores, os responsáveis ​​pelo projeto disseram que não poderiam estar mais felizes.

“Quando vi o cordeiro que van Eyck pintou pela primeira vez, tive até que recuperar o fôlego”, disse Dubois. “É de uma beleza chocante.”

O painel de cordeiros com cara de homem se juntará a vários outros do retábulo de Ghent em exibição na Catedral de St. Bavo, em fevereiro.

Leia Também: Destruição de planetas anões no passado pode ter criado os Anéis de Saturno


Gostou da matéria? Compartilhe este artigo. Isso nos ajuda a espalhar bons conteúdos nas redes sociais. Obrigado!

Dinamarca compra 4 elefantes que sofriam em circos para libertá-los: ‘Fim do sofrimento’
Elefante supera muro de 2 metros para roubar mangas de um safari
Mãe interrompe brincadeira de filhote, que decide dar a maior birra; veja fotos
Professora com fobia de cães adota doguinho com medo de humanos: ‘Um ajuda o outro’