Neste 2019 se prepare para um Eclipse solar e outros incríveis fenômenos astronômicos

Não é novidade que o céu nos dá grandes surpresas e shows únicos a cada ano, revelando suas preciosas estrelas, planetas e chuvas de meteoros.

No entanto, às vezes, não sabemos quando esses fenômenos costumam acontecer, portanto, temos para você uma lista dos eventos deste 2019 que você não pode perder. Você precisa apenas estar muito atento às datas e escolher a pessoa com quem você gostaria de olhar para elas.

Então, se você é um amante da astronomia, tome nota deste calendário de 2019 que fizemos para você:

As Quadrantidas – 1 a 5 de janeiro

• Essa chuva de meteoros terá seu ponto de auge em 3 de janeiro. Depois da meia noite é quando você pode observar melhor e se divertir.

Vênus em seu maior elongação ocidental – 6 de janeiro

• Este dia pela manhã será ideal para observar o planeta a olho nu.

Eclipse Solar Parcial – 6 de janeiro

• Poderá ser visto em algumas partes da Ásia e no norte do Oceano Pacífico, mas o melhor ponto para vê-lo será na Rússia, porque terá 62% de cobertura.

Super Lua – 21 de janeiro

• Será a primeira das três superluas que ocorrerão em 2019. A Lua estará mais próxima da Terra e poderá ser vista muito maior e maravilhosa.

Eclipse Total da Lua

• Será melhor observado na América do Norte e na América do Sul.

Super Lua – 19 de fevereiro

• Esta será a segunda super lua de 2019.

Mércurio em sua maior elongação oriental – 27 de fevereiro

• O planeta estará mais perto e ficará muito melhor de se observar á tarde, quando o Sol estiver se pondo.

Super Lua – 21 de março

• Esta será a última das superluas e o satélite poderá ser observado com grande esplendor.

Mercúrio em sua maior elongação ocidental – 11 de abril

• O planeta poderá ser observado como nunca antes no amanhecer.

Líridas – 16 a 25 de abril

• A chuva de meteoros poderá ser vista em toda sua beleza na noite do dia 22 e na manhã do dia 23 de abril.

Eta Aquáridas – 19 a 28 de maio

• Você poderá observar esta chuva muito melhor do hemisfério sul e seu pico a partir de 6 e 7 de maio à noite.

Lua Azul – 18 de maio

• Por estação, são três luas cheias, mas como ocorrem a cada menos de 30 dias, são quatro luas cheias. A lua extra é conhecida como a “lua azul” e ocorre aproximadamente a cada dois anos e meio.

Júpiter na oposição – 10 de junho

• Estará mais perto da Terra e será iluminado pelo sol, então o céu estará mais brilhante. Com um telescópio você pode ver facilmente e até mesmo algumas de suas luas.

Mércurio em sua maior elongação oriental – 23 de junho

• O planeta pode ser observado melhor e mais perto, escondendo o sol.

Eclipse solar total – 2 de julho

• Pode ser visto principalmente no Chile e na Argentina e no resto da América do Sul será visto com menos intensidade.

Saturno na oposição – 9 de julho

• Estará mais perto da Terra e poderá ser visto com binóculos ou um pequeno telescópio, até seus anéis poderão ser observados.

Eclipse lunar parcial – 16 de julho

• Pode ser visto na Europa, Ásia Central, África e no Oceano Índico.

Delta Aquaridas- 12 de julho a 23 de agosto

• Ainda que poderá ser observada em todo este tempo, será possível ver melhor os dias 28 e 29 de julho.

Mercúrio em sua maior elongação ocidental – 9 de agosto

• Antes do amanhecer poderá o ver como nunca.

Perseidas – 17 de julho a 24 de agosto

• Considerada uma das melhores chuvas de meteoros, ela poderá ser observada melhor entre os dias 12 e 13 de agosto.

Netuno em oposição – 9 de setembro

• Ele só pode ser observado como um ponto azul, exceto nos telescópios mais poderosos.

Dracónidas – 6 á 10 de outubro

• Embora seja uma pequena chuva de meteoros, atingirá o pico em 8 de outubro, mas ficará melhor em áreas distantes da cidade.

Mércurio em sua maior elongação oriental – 20 de outubro

• O planeta será visto muito melhor à tarde quando o sol se pôr.

Orionidas – 2 de outubro a 7 de novembro

• Pode ser visto melhor entre 21 e 22 de outubro.

Urano na oposição – 27 de outubro

• Estará mais perto da Terra e muito brilhante, mas só pode ser visto através dos telescópios mais poderosos para capturar detalhes.

Táuridas – 7 de setembro a 10 de dezembro

• Sendo uma das menores, ela só ser vista longe da cidade e chegará ao seu pico no dia 5 de novembro.

Trânsito de Mercúrio através do Sol – 11 de novembro

• Este evento será visto até 2039, o planeta vai passar entre a Terra eo Sol, você poderá observar seu disco com um telescópio e protetor solar, será melhor visto dos Estados Unidos, América Central e América do Sul.

Leonidas 6 a 30 de novembro

• Esta chuva atingirá o pico na noite de 17 e amanhã de 18 de novembro.

Mercúrio em seu maior alongamento ocidental – 28 de novembro

• O planeta pode ser observado como nunca antes no amanhecer.

Gemínidas – 7 a 17 de dezembro

• É conhecido como a melhor chuva de meteoros e atingirá o pico nos dias 13 e 14 de dezembro.

Úrsidas – 17 a 25 de dezembro

• Será melhor observar em 21 e 22 de dezembro em um lugar escuro e remoto.

Eclipse Solar Anular – 26 de dezembro

• Quando a Lua está muito longe para cobrir o Sol, um anel permanece brilhando do lado de fora. Isso vai começar na Arábia Saudita se movendo em direção ao Oceano Pacífico.

Esses serão os eventos astronômicos mais badalados do ano de 2019. E aí, está ansioso para algum deles? Não esqueça de deixar o seu comentário.


Gostou da matéria? Compartilhe este artigo. Isso nos ajuda a espalhar bons conteúdos nas redes sociais. Obrigado

Adaptação por Solitary, da matéria originalmente criada por Universo Pop

Conheça Presley, o Scooby-Doo da vida real e que tem medo de tudo
25 fotos engraçadas de cachorros implorando por comida em que você não consegue dizer não
Cadela trapaceira foge de casa e finge ser abandonada para conseguir hambúrgueres
Dono abandona Lulu da Pomerânia de cinco meses por ser ‘muito grande’, e se arrepende amargamente