Mulher que recebeu primeiro transplante de rosto nos EUA falece aos 57 anos

Na última quinta (30), a norte-americana Connie Culp, primeira mulher a receber transplante de face na América do Norte, faleceu aos 57 anos em uma clínica em Ohio.

De acordo com o portal NBC, Culp faleceu em decorrência de uma infecção não-relacionada ao transplante de rosto.

Connie era uma mulher incrivelmente corajosa e vibrante, e uma inspiração para todos“, escreveu em uma rede social Frank Papay, diretor da clínica onde a cirurgia de transplante foi realizada.

Leia também: Leopardo asiático raríssimo dado como extinto é visto na natureza após 37 anos

Sua força de vontade sempre foi evidente. Ela se tornou a paciente de transplante de face mais duradoura. Foi uma grande pioneira e sua decisão de se submeter a um procedimento às vezes assustador é um presente maravilhoso para toda a humanidade“, complementou.

Connie foi submetida à complexa cirurgia em 2008, quatro anos depois de ter sido atingida por um tiro de espingarda no rosto pelo próprio marido, que tentou se matar logo em seguida.

A explosão destruiu o nariz e as bochechas e comprometeu a visão dela.

Ela foi submetida a 30 operações reparativas antes do transplante de rosto em 10 de dezembro de 2008. A cirurgiã Maria Siemionow liderou uma equipe de médicos em uma operação de 22 horas que substituiu 80% do rosto de Culp pelo rosto de outra mulher que havia morrido recentemente.

Partes de ossos da costela e da pele da coxa foram usadas para reconstruir a face de Connie. O procedimento foi tão bem sucedido que ela voltou a respirar sozinha e a comer alimentos sólidos.

Leia também: Noiva cria vestido incrível para seu casamento e inspira outras a fazerem o mesmo

Matéria escrita por Gabriel Pietro em exclusividade para o Solitary Δ.. Siga-me no Instagram clicando aqui.

Compartilhe o post com seus amigos! 😉

Essas são as 15 raças de gatos mais populares e suas respectivas origens
Fotógrafo captura como são os olhos de alguns dos animais mais distintos da Terra (25 fotos)
Internautas criam grupo para compartilhar as melhores fotos de doguinhos que encontram na rua
Cachorrinho de rua deita em varanda de família para descansar e acaba sendo resgatado