Morador de rua resgata 3 filhotes abandonados em contêiner e agora tem 17 vivendo em seu barraco

Até um ano atrás, Maktub Abdalla, morador de rua de Porto Alegre (RS), cuidava de 14 cães resgatados de situação de abandono, que vivem com ele em um barracão improvisado.

Recentemente, ele acolheu mais 3 cãezinhos encontrados em um contêiner na capital gaúcha.

“O amor dos cães é puro e incondicional, o dos humanos é pretensioso”, afirma Maktub, de 63 anos, justificando porquê ama tanto seus animais de estimação.

Leia também: Mulheres desempregadas usam auxílio emergencial para abrirem empresa e faturar até R$ 6 mil por mês

De acordo com o portal Gaúcha ZH, o morador de rua fica na Rua Gaspar Martins e é conhecido em toda a região. Ele mantém consigo os animais e os trata com muito carinho, banhando-os e alimentando-os da melhor maneira que pode.

Sobre os três novos companheiros acolhidos, Maktub conta que havia ido até uma loja de conveniência de um posto de combustíveis para comprar uma caixa de leite quando os encontrou, meio que por acidente.

“Estava caminhando e ouvi o choro fino de cachorro, desses pequeninhos, saindo de dentro de um contêiner. Decidi revirar as sacolas e encontrei essas três. Elas iam morrer trituradas por um caminhão”, relatou.

O morador de rua colocou os pequenos em seu carrinho e os levou até sua barraca, juntando eles aos outros 14 cães. Em suas palavras, os animais são seus melhores e mais fiéis amigos, estando sempre ao seu lado.

“A gente se esquenta junto. Às vezes, eles estão com pulga e com sarna, e eu também. Brinco que a gente forma uma banda de música, cada um toca um instrumento por causa da coceira. Mas só eu falo, então sou o vocalista”, brinca.

Ele depende de doações de moradores e comerciantes da região, que o ajudam a alimentar, vacinar e medicar todos os seus animais.

“Algumas pessoas me tratam como louco, mendigo. Não tenho condições de passar segunda impressão. É a primeira impressão que fica: de um velho barbudo, que fede a cachorro. Posso ser louco, mas um louco consciente. Sou feliz fazendo o bem. Tem muita gente pelo mal por aí”, afirmou.

Leia também: 10 fotos exuberantes de pessoas ‘antes e depois’ de serem convidadas a sorrir

Matéria escrita por Gabriel Pietro em exclusividade para o Solitary Δ.. Você pode me seguir clicando aqui! 😉

Compartilhe o post com seus amigos! 😉

Essas são as 15 raças de gatos mais populares e suas respectivas origens
Fotógrafo captura como são os olhos de alguns dos animais mais distintos da Terra (25 fotos)
Internautas criam grupo para compartilhar as melhores fotos de doguinhos que encontram na rua
Cachorrinho de rua deita em varanda de família para descansar e acaba sendo resgatado