Magnetares, os ímãs mais fortes conhecidos pelo homem

universo ainda é em sua grande maioria, um grande mistérios para a humanidade. Ainda assim, nós já exploramos o suficiente para saber de algumas coisas – mesmo que muitas delas só despertem mais mistérios. Como por exemplo os magnetares. Talvez você não saiba, mas esse elemento com nome arrojado e esquisito é um dos mais fortes que já conhecemos.

Para a sua surpresa, ele é um imã de tamanha importância. Para você ter uma ideia, ele é um dos objetos mais poderosos e misteriosos que nós já encontramos no espaço sideral. Eles são muito pequenos, extremamente densos e, como o nome já deixa bem explicito, embalam uma grande atração magnética por onde passam.

Magnetares

Quer aprender um pouco mais sobre os magnetares? Então vem aqui, que o Solitary vai lhe explicar um pouco mais. Sabe o processo de explosão de uma estrela, a Supernova? Essa explosão é muito brilhosa – e poderosa – e desde o seu acontecimento, a estrela vai morrendo aos poucos e deixando de existir. Dependendo do tamanho, se bastante grande, essa estrela vira uma estrela de nêutrons. Essa última é tão densa e poderosa, que uma colher de chá dela pesa o equivalente a 1 bilhão de toneladas.

Sabe essa estrela de nêutrons? Exatamente, ela é um magnetares. Mesmo tão pesada, ela gira em uma velocidade inacreditável de tão rápida, Essa velocidade produz um campo magnético extremamente poderoso, que é cerca de um trilhão de vezes mais poderoso que o da Terra. Os magnetares são uma espécie de estrela de nêutrons, muito maior e mais poderosa que o nosso próprio planeta.

A busca

Os cientistas buscam por magnetares desde cerca de 979, quando um choque de raios gama, o magnetar SGR 0525-66, pulsou através do sistema solar, resultando em distúrbios em equipamentos espaciais e anormalidades atmosféricas. Apesar de ao longo da história, desde aí, muitas estrelas serem fortes candidatas ao posto de magnetares, apenas 25 realmente foram confirmadas. Algumas outras ainda estão na fila esperando confirmação.

Há algum tempo, em 2004, os efeitos de uma explosão, ou “terremoto estelar”, do SGR 1806-20 – que fica a 50.000 anos-luz de distância –  foram poderosos o bastante para impactar a Terra. Ele danificou e desativou satélites, e até parcialmente ionizou a atmosfera superior do planeta.

E aí, você sabia da existência dos magnetares? Comenta aqui com a gente e compartilha nas suas redes sociais. Para você que pira nos mistérios do universo, aquele abraço.


Gostou da matéria? Compartilhe este artigo. Isso nos ajuda a espalhar bons conteúdos nas redes sociais. Obrigado

Adaptação por Solitary, da matéria originalmente criada por Fatos Desconhecidos

Conheça Presley, o Scooby-Doo da vida real e que tem medo de tudo
25 fotos engraçadas de cachorros implorando por comida em que você não consegue dizer não
Cadela trapaceira foge de casa e finge ser abandonada para conseguir hambúrgueres
Dono abandona Lulu da Pomerânia de cinco meses por ser ‘muito grande’, e se arrepende amargamente