Jovem de luto sai do trabalho e vende tudo para viajar com seu furão

Perder entes queridos pode deixar seu emocional totalmente abalado e, quando se perde mais de em um curto espaço de tempo, pode acabar com todo seu mundo.

Com isso, é fácil imaginar a depressão de Charles Hammerton, um jovem com 25 anos que perdeu a mãe, a mãe adotiva e a melhor amiga em um período de um ano e estava em um poço de desespero.

Leia Também: Conheça a Toscana, uma das regiões mais lindas e paradisíacas da Itália

Charlie morava em Falmouth, na Cornualha, mas decidiu que ele tinha que tomar medidas drásticas e reformar completamente sua vida. Ele deixou o emprego na Força Aérea Real, vendeu seus pertences (incluindo seus 3 carros) e partiu em uma aventura pela Europa com Bandit, seu furão adotado.

“Foi horrível para mim, mas eu não queria entrar em um barranco por causa de tudo. Eu pensei em me matar algumas vezes. Eu não sabia para onde me virar. Foi preciso muita coragem para fazer o que fiz. Na época, eu morava em um belo apartamento, tinha um bom emprego e três carros ”, revelou. “Eu tinha muitas economias atrás de mim e tive a sorte de ser muito seguro. Mas eram apenas ‘objetas’ para mim e realmente não significava nada. Decidi me livrar daquilo e viajar com o Bandit!”

Depois de vender quase todos os seus pertences, Charlie tinha 19,5 mil dólares, o que foi suficiente para comprar uma van e sair na estrada, juntamente com o Bandit,

O rapaz também relatou em uma postagem:

“Viajar foi a experiência mais incrível da minha vida e foi completamente libertadora. Seguimos o sol por todo o mundo e acampamos sob as estrelas em lugares incríveis. Era lindo e passei com meu melhor amigo. Agora tenho menos dinheiro, mas sou muito mais rico como pessoa.

“Foi incrível fazer isso com o Bandit. Ele me viu no meu melhor e no meu pior e sempre esteve comigo de um lado para o outro”, disse o rapaz. “A viagem foi completamente libertadora e eu realmente tive uma experiência incrível. Eu precisava sair e fazer algo por mim. É fácil ficar preso em uma rotina, mas não há necessidade. Eu me sinto muito melhor pelo que fiz.”

Leia Também: Confira o Top 20 doces temáticos de um confeiteiro italiano: ‘Prepare-se para ficar com água na boca’


Gostou da matéria? Compartilhe este artigo. Isso nos ajuda a espalhar bons conteúdos nas redes sociais. Obrigado!

Russo burla companhia aérea e embarca com gato gordinho que estava acima do peso: ‘Ele foi pego’
Pastor Alemão viaja de moto com seus pais: ‘Nós criamos um porta-cães na garupa’
As incríveis ‘bolhas’ transparentes dentro de selva da Tailândia onde você pode dormir
Coruja é resgatada porque estava gordinha demais para voar