Homem é morto pelo seu próprio galo de rinha na Índia

Um galo que teve uma faca implantada em seu corpo para entrar em uma rinha na Índia, assassinou seu próprio dono. A ave atingiu o homem na virilha, ele morreu a caminho do hospital por hemorragia.

Segundo as investigações, o galo estava sendo preparado para participar de uma rinha ilegal, local onde galos brigam entre si até a morte, quando tentou escapar. Ao tentar segurá-lo, recebeu um golpe da faca que havia implantado na perna da ave.

Leia também: Menino do vídeo “Pintinho Piu” ressurge 10 anos depois com nova versão do meme

A polícia está buscando ao menos 15 pessoas envolvidas no evento, ocorrido na última semana em Lothunur, Estado de Telangana, de acordo com a BBC. Os procurados serão acusados de homicídio culposo, organização de rinha ilegal e apostas ilegais, informou a agência AFP.

O animal será levado como evidência ao tribunal, quando o caso for para a Justiça, afirma um policial ao jornal The News Indian Express, da Índia.

Na Índia, as brigas de galo são ilegais desde os anos 60, mas continuam acontecendo nas áreas rurais. No Brasil, há uma proibição desde 1934, mas recentemente o assunto voltou a ser discutido quando uma senadora do TO perguntou no Twitter o motivo das rinhas de galo serem proibidas enquanto eventos de lutas não são.

Leia também: Brasileiro compra carro de luxo sem fazer test drive antes e não cabe dentro do veículo

Após gerar polêmica, a senadora apagou a postagem que havia feito, deixando o seguinte tweet:

Vênus: a adorável gatinha famosa na internet por ter ‘duas caras’
Artista russa cria cerâmicas detalhadas com pequenos e adoráveis animais
25 gatos que se enfiaram nos lugares mais inusitados possíveis
Fotógrafo ganha a vida registrando adoráveis esquilos em seu quintal