Descubra como qualquer brasileiro pode viajar o Brasil de graça: ‘Parece bom demais para ser verdade’

Você já ouviu falar do ID Jovem? Se sim, continue lendo, porque tem algo que você não sabe.

O documento vem na forma de uma carteirinha e pode ser retirado sem custos por famílias que “alegam” ter até dois salários mínimos e possibilita a total isenção da passagem de ônibus para viagens interestaduais, entre outros descontos de meia entrada.

O macete aqui é: mesmo que sua família ganhe mais de 2 salários mínimos, provavelmente você ainda vai conseguir retirar o documento. Por que?

Bem, as duas opções são:

-Quando você vai se cadastrar para pedir o benefício, você é sua família, então não há necessidade de se preocupar com as salários dos seus pais ou responsáveis.

-Essa é um tanto quanto peculiar, mas não é necessário nenhuma comprovação de renda, então você pode simplesmente dizer que ganha um valor dentro do permitido.

Com o documento em mãos(ou no celular), você pode ir a rodoviária pedir sua passagem interestadual (não é permitido dentro do mesmo estado) pessoalmente (não há como fazer o pedido pela internet).

Além disso, a lei determina que as companhias de ônibus devem reservar apenas dois assentos 100% gratuitos e outros dois com 50% de desconto.

A demanda por esses lugares é grande, então recomendamos que você adquira as passagens com antecedência.

Leia Também: Al Madam, a cidade mal assombrada dos Emirados Árabes que até especialistas tem medo

O que você tem direito com o ID Jovem:

-Meia entrada em cinemas, shows, teatros, jogos de futebol, e quaisquer outras áreas culturais, como museus, parques naturais, etc.

-Reserva de assentos em viagens interestaduais, 2 assentos com 100% de gratuidade e 2 assentos com no mínimo 50% de gratuidade do valor da passagem, sendo válidos ônibus, trens e barcos de classe convencional.

-Isenção em taxas de concursos públicos e vestibulares de universidades e institutos federais, assim como qualquer cidadão cadastrado no CadÚnico.

Como tirar o ID Jovem:

Para isso, você precisa ir ao CRAS mais próximo do seu bairro e fazer seu cadastro no “cadastro único”, aonde você irá pegar o NIS para se cadastrar no ID Jovem.

Entretanto, eles pedem um prazo de aprovação dos documentos que varia entre 1 semana a 45 dias, mas você pode sempre ir no site checar se já consegue retirar seu ID Jovem.

Documentos necessários:

  • RG
  • CPF
  • Título Eleitor (se for maior de 18 anos)
  • Certidão de Nascimento (casamento caso seja casado)
  • Comprovante de Residência (luz, água…)
  • Carteira de Trabalho
  • Atestados de matrícula escolar (não é obrigatório)

Leia Também: Dupla de amigos percorre os lugares que Marco Polo desbravou durante suas viagens


Gostou da matéria? Compartilhe este artigo. Isso nos ajuda a espalhar bons conteúdos nas redes sociais. Obrigado!

Nina, a cadela pinscher fofoqueira que olha a vizinhança através de um cano
Novo vírus da gripe com ‘potencial pandêmico’ é encontrado na China
Leão com câncer em estágio terminal se despede de sua cuidadora: ‘É como uma mãe pra ele’
Sem turistas para incomodar, onça se acostuma a ‘desfilar’ por passarela no Pantanal