Conheça 7 personalidades marcantes que tinham problemas mentais

Apesar das grandes personalidades famosas desfrutarem de muita fama e dinheiro, elas também são humanas e sofrem dos mesmos problemas. Ao longo da história, muitas pessoas conhecidas foram diagnosticadas com distúrbios mentais, incluindo diversos gênios respeitados.

Veja 7 personalidades marcantes que, ao longo da história tiveram problemas mentais:

1 – Nikola Tesla

Apesar de Nikola Tesla ter tido uma personalidade excêntrica, é de conhecimento de todos que ele possuía grandes dificuldades de se relacionar com outras pessoas. Além disso, há diversas histórias contando as dificuldades do gênio com formas arredondadas e joias. Ele só utilizava os talheres que ele mesmo polia e tinha uma verdadeira obsessão pelo número 3. Ele provavelmente sofria com alucinações e TOC (Transtorno Obsessivo Compulsivo).

2 – Wolfgang Amadeus Mozart

Mesmo sua época já tendo passado Mozart continua sendo um dos maiores e mais talentosos músicos de todos os tempos, tendo várias de suas obras musicais estão entre as mais fenomenais já criadas. Entretanto, ele também fazia outra coisa. Uma série de textos, um tanto quanto estranhos. Ao longo de sua vida, ele fez diversos diários retratando fezes e traseiros. Além disso, o músico sofria de diversos tiques motores e verbais. De acordo com especialistas, Mozart poderia ter sofrido de Síndrome de Tourette.

Leia Também: HBO Max fará adaptação do romance de K-Pop, ‘I’ll Be the One’

3 – Machado de Assis

O homem que foi um exemplo até para outros países, com sua brilhante escrita, geralmente utilizava contextos de tristeza e melancolia em suas obras. O que também era um reflexo de sua depressão, que aumentou em 1904, após a morte de sua esposa.

4 – Abraham Lincoln

Lincoln foi uma importante figura nos Estados Unidos, mas todos que conviveram com ele geralmente relatavam que ele tinha períodos de profunda tristeza, o que o fazia pensar em cometer suicídio diversas vezes. Dessa forma, especialistas apontam que seu comportamento demonstrava grandes possibilidades de Lincoln ter tido casos de depressão e ataques de ansiedade.

5 – Charles Darwin

Darwin sofreu de diversos problemas mentais, durante o período em que estava desenvolvendo a “Teoria da Evolução das Espécies”. Além disso, depois de voltar para casa, ele passou a raramente sair de casa e se tornou um recluso. Darwin foi diagnosticado com agorafobia, uma condição caracterizada pelo medo de estar em lugares abertos ou em meio à multidões.

6 – Clarice Lispector

Apesar de ter nascido na Ucrânia, Clarice Lispector foi naturalizada brasileira e se tornou uma renomada escritora do nosso país em sua vida. As obras que ela escreveu continham muitos tramas psicológicos e temas cotidianos.

Clarice desenvolveu depressão, depois de ter sofrido graves queimaduras no braço e na mão, por dormir com um cigarro aceso. Além disso, ela também sofreu com depressão pós-parto e quando soube que seu filho iria desenvolver esquizofrenia.

7 – Vincent Van Gogh

Por último mas não menos importante, temos Van Gogh, um dos maiores gênios do movimento pós-impressionista. Entretanto, o renomado artista não teve uma vida fácil, ele sofria de depressão, bipolaridade, alucinações e epilepsia.

O pintor holandês cometeu suicídio, dois anos após ter cortado um pedaço da própria orelha direita. Especialistas acreditam que ele também sofria de xantopsia (ver os objetos mais amarelados e de cor intensificada, como era em seus quadros).

Leia Também: Destruição de planetas anões no passado pode ter criado os Anéis de Saturno


Gostou da matéria? Compartilhe este artigo. Isso nos ajuda a espalhar bons conteúdos nas redes sociais. Obrigado!

Russo burla companhia aérea e embarca com gato gordinho que estava acima do peso: ‘Ele foi pego’
Pastor Alemão viaja de moto com seus pais: ‘Nós criamos um porta-cães na garupa’
As incríveis ‘bolhas’ transparentes dentro de selva da Tailândia onde você pode dormir
Coruja é resgatada porque estava gordinha demais para voar