Cada vaca tem mugido único para se comunicar

Assim como cães, gatos e humanos, cada vaca tem a própria voz e o som emitido persiste em várias situações, como entre as vacas e seus bezerrinhos, para que as mamães possam identificar seus filhotes chamando.

Os cientistas também avaliaram as vocalizações em diversas situações: em contextos positivos, como a expectativa de uma refeição; e, em negativos, como a privação de comida ou o isolamento do grupo.

Leia também:

O estudo foi liderado por Alexandra Green, doutoranda na Universidade de Sydney. Ela passou cinco meses embrenhada num pasto vizinho à faculdade coletando os sons das vacas com um headphone e um microfone de boom — aquele que tem a ponta comprida e peluda. Ao todo, Green e seus colegas captaram 333 sons de alta frequência emitidos por 13 vacas diferentes.

Com o rico acervo de mugidos formado, os pesquisadores usaram programas de análise acústica para extrair os detalhes. Ficou evidente que cada vaca apresentava suas próprias marcas vocais, tão particulares que Green conseguia reconhecer cada animal só de ouvir seu “muu”.

Esse traço, inclusive, se manteve tanto nos casos em que elas estavam animadas quanto nos que estavam angustiadas. Os resultados deixam claro que vacas são criaturas profundamente sociais e de comportamento complexo.

“Queria ser um cachorro, para que os humanos não me matassem.”

Os rebanhos bovinos costumam seguir hierarquias, e as vacas sofrem consequências duradouras quando separadas da mãe ainda filhotes e aprendem melhor quando estão em grupo.

A descoberta de que elas vocalizam sua individualidade por toda a vida reforça a necessidade de repensar práticas degradantes da pecuária industrial — para que as vaquinhas possam viver e “conversar” com dignidade.

Leia também:


Gostou da matéria? Compartilhe. Isso nos ajuda a espalhar bons conteúdos nas redes sociais. Obrigado!

Fonte: Superinteressante

 

Russo burla companhia aérea e embarca com gato gordinho que estava acima do peso: ‘Ele foi pego’
Pastor Alemão viaja de moto com seus pais: ‘Nós criamos um porta-cães na garupa’
As incríveis ‘bolhas’ transparentes dentro de selva da Tailândia onde você pode dormir
Coruja é resgatada porque estava gordinha demais para voar